LA LA LAND - O Que achei do FILME? - Para Lá da Kapa

Pesquisa o que procuras

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

LA LA LAND - O Que achei do FILME?

Título: La La Land - Melodia de Amor
Realizador: Damien Chazelle
Sinopse: Ver aqui
Lançamento: 26 de janeiro de 2017
Trailer: Ver aqui
  La La Land é uma Comédia Musical, um género em vias de extinção. Confesso que, quando a vi, foi após ter recebido várias críticas e expectativas que elevaram bastante a minha fasquia para o filme. Tem músicas com brio, o começo é bombástico, a história satisfatória e o cenário muito bonito, mas, com pesar meu, pouco mais posso enaltecer. 

  O enredo gira à volta de uma atriz sem sucesso e dum pianista pouco reconhecido. Ambos têm um sonho! A Mia quer singrar em Hollywood e o Sebastian quer ser valorizado. Por ventura do destino, eles cruzam-se e acabam apaixonados.

  Num mundo duro, impiedoso e lastimável para artistas estreantes, La La Land mostra-nos como o mérito provém do esforço, o que os conduz a um dilema: Seguir o Amor ou o Sonho?  

  O filme gira à volta deste tema, as músicas e as danças são dignas de referência. Gostei muito da atuação dos atores principais.
  Se me tivessem perguntado há meio ano se veria este musical a ganhar tantos prémios e nomeações como teve, eu provavelmente diria que não. Não considero a sua filosofia ou dramaturgia boas, pelo menos até ao ponto em que foi elevado. Os críticos devem ter as suas razões, possivelmente como forma de incentivo para esta modalidade do cinema que tem vindo a ser denegrida durante os últimos anos.

  Por outras palavras, não vão ver La La Land na expectativa de estar a ver o próximo Mama Mia (nem pouco mais ou menos). O filme tem um clima agradável para ser visto com amigos, mais não seja pelas músicas trabalhadas, danças belas e perspetiva peculiar que nos é exposta.




Sem comentários:

Enviar um comentário

DESTAQUES DA SEMANA