A CABANA - A Opinião do Filme - Para Lá da Kapa

DESTAQUES DA SEMANA

quinta-feira, 20 de abril de 2017

A CABANA - A Opinião do Filme

Título: A Cabana
Realizador: Stuart Hazeldine
Sinopse: Ver aqui
Lançamento: 21 de abril de 2017 - Estreia HOJE!
Trailer: aqui

  "A Cabana" não é um enredo aleatório. Começou como qualquer outro livro, uma pequena história em papel, com um orçamento inicial de 300 euros. Agora, com os seus mais de 20 milhões de exemplares vendidos, é uma obra de renome mundial pelas filosofias e lições de vida que transparece.
  Depois de ver este filme, estou confiante que lerei o livro. É um filme bonito, emotivo e calmo (mas não do tipo que dá sono!). Todas as personagens são seguras e compactas. Consegui simpatizar com a maioria!


  Explora Deus e as suas razões, o que não impede alguém com outra religião e opiniões de assisti-lo com prazer. Também reforça a ideia de que temos de nos superar e continuar SEMPRE em frente, independentemente das adversidades que tenhamos que enfrentar no caminho.

"Os verdadeiros monstros não são os que realizam as piores maldades, mas os que ensinam a fazê-las".

  Os cenários são bonitos e tanto o Sam Worthington, o ator principal, como a Octavia Spencer, uma das atrizes por quem tenho mais estima na atual indústria cinematográfica, e o resto do elenco estão de parabéns.

  No início, porém, podem sentir-se perdidos, se não tiveram uma noção do que estão a assistir. Esta é a única parte do filme que poderia estar mais bem concebida.








  Por outras palavras, é, sem sombra de dúvida, a estreia da semana, com um enredo surpreendentemente intrigante, que já criou inúmeros debates pelo globo. É um filme que fará as almas mais suscetíveis verterem algumas lágrimas. "A Cabana" tem uma beleza incomum e desconcertante. Mais que vê-la, conseguimos senti-la!

Sem comentários:

Publicar um comentário