Um Ato de Fé | Análise do Filme - Para Lá da Kapa

DESTAQUES DA SEMANA

terça-feira, 7 de maio de 2019

Um Ato de Fé | Análise do Filme


Título: Um Ato de Fé (Breakthrough )
Realizador: Roxann Dawson
Argumentista: Grant Nieporte
Estreia: 7 de maio de 2019
Idade que Recomendo: +8
Género: Drama & Biográfico
Duração: 116 minutos

Muito além duma vivência biográfica e religiosa, "Um Ato de Fé" é comovente, enternecedor e autêntico.


Quem só viu o trailer pode pensar — «"Um Ato de Fé" é baseado numa história verídica em que acontece um conjunto de milagres justificados pela crença religiosa». Apesar desta premissa ser verdadeira, é fundamental salientar que não é preciso ser religioso ou sentimental para ser comovido por "Um Ato de Fé". Houve um gradiente emocional praticamente durante toda a segunda metade do filme, que proporcionou narizes fungosos e olhos lacrimosos a diversos espectadores na sala de cinema, incluindo pessoas com 'coração de pedra'.

O guião é extremamente simples, começando com o comportamento de um adolescente normal, apresentando as suas aspirações, alegrias e preocupações... estou certo de que muitos pais e filhos se devem ter identificado nesta cena inicial.
De seguida, vem o terrível acontecimento, percursor da emoção e dos milagres que se sucedem, que coloca à prova a força incondicional de uma mãe (Joyce). A meu ver, uma das grandes qualidades do filme é o percurso das personagens. De uma forma ou doutra, todas elas cresceram durante esta vivência intensa, algo admirável de transpor da realidade para o cinema.

Breakthrough

Com uma ou outra exceção, o elenco esteve bastante bem, principalmente Chrissy Metz, que interpretou Joyce. Metz representou formidavelmente bem, tal como o ator Marcel Ruiz, que representou o seu filho. Ruiz conseguiu retratar a vida sensível de um adolescente e como um evento deste calibre pode mudar a nossa perceção do que é importante. Sendo totalmente esperado, o final não deixou de ser tocante pela prestação destes dois grandes atores.

É claro que este não é um filme cinco estrelas, contudo, há que valorizá-lo por não cair em exageros, como muitos outros títulos que abordam religião, a adoção e a perda. "Um Ato de Fé" explora todos estes temas e ainda outros tantos na dose certa.

Só para terminar, disseram-me, há poucos dias: "Se queres um filme para chorar, vai ver "Vingadores: Endgame". Eu discordo (mesmo) e antes afirmo: "Se queres um filme que mexa contigo, tens de conhecer 'Um Ato de Fé'".

Sinopse | CONHECE O FILME EMOTIVO DO MOMENTO

“Um Ato de Fé” baseia-se na história real do amor inabalável duma mãe confrontada com probabilidades impossíveis. Quando o filho adotivo de Joyce Smith, John, cai num lago gelado do Missouri, toda a esperança parece perdida. Mas, enquanto John permanece no hospital num coma profundo, Joyce recusa-se a desistir.

Trailer | EMOCIONA-TE COM UM ATO DE FÉ




Avalio — 88 em 100

  • Originalidade (clichês...):
    • Conceitos originais (até 0,25) — 0,15
    • Aproveitamento dos conceitos originais (0,25) — 0,15 (nunca superior à alínea anterior)
  • Porque sim (o que penso que merece, até 0,5) — 0,45
  • Cenários (até 0,25) — 0,2
  • Elenco:
    • Genuinidade/Naturalidade/Destreza (até 0,50) — 0,45
    • Empatia (até 0,25) — 0,25
    • Inédito/Impacto (0,25) —  0,20
  • Técnica (duração & outras qualidades, até 0,25) — 0,20
  • Guião:
    • Coesão/Lógica (até 0,5) — 0,45
    • Fresco/Acrescenta (até 0,25) — 0,20
    • Cativante (até 0,25) — 0,20
  • Efeitos, adereços... (até 0,25) — 0,25
  • Banda sonora (até 0,25) — 0,25
  • Fiel ao tema (até 0,25) — 0,25
  • É um filme:
    • Consegue ver-se (0 ou 0,25) — 0,25
    • É mesmo um filme (0 ou 0,25) — 0,25 (dependente da alínea anterior)
  • Exigência (filme de grande produtora..., até 0,25) — 0,25

TOTAL — 4,40 em 5,00 = 88%

VÊ TAMBÉM

1 comentário:

  1. Um Ato de Fé: 3*

    É um filme religioso demais, mas a Chrissy Metz brilhou.

    Cumprimentos, Frederico Daniel.

    ResponderEliminar